Notícias da Paraíba

Idosa de 92 anos é a quinta pessoa a morrer por dengue em 2024 na Paraíba

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) confirmou, nesta terça-feira (14), a morte de uma mulher de 92 anos, moradora de Campina Grande, no Agreste da Paraíba, vítima de dengue. É a quinta pessoa que morreu devido a doença no estado em 2024.

Exames atestaram a doença no corpo da mulher em Campina Grande. Além das mortes por dengue, o boletim da SES confirmou outros dois óbitos por chikungunya neste ano, totalizando quatro vítimas da doença. A mesma idosa de 92 anos vítima de dengue também teve traços de chikungunya encontrados em seu organismo e entrou na contabilização de mortes pela doença também.

A primeira vítima de dengue no estado foi uma mulher de 24 anos, do município de Camalaú, que teve morte confirmada por dengue. Ela apresentava febre, cefaléia, vômito, náuseas, artrite, artralgia, dor abdominal, taquicardia, derrame pleural e icterícia.

O segundo óbito por dengue foi confirmado em 26 de fevereiro, quando a secretaria confirmou a morte por dengue de uma mulher de 42 anos, no município de Conde. A vítima apresentava comorbidades, como diabetes, hipertensão e doença hematológica.

Já o terceiro caso de morte aconteceu em Campina Grande e a vítima foi um homem de 60 anos. O homem foi atendido em uma Unidade de Pronto-Atendimento de Campina Grande e apresentava sinais de gravidade.

A quarta morte foi de um homem de 69 anos, morador de Cabedelo, no litoral da Paraíba, no início de maio.

G1 PB

WhatsApp
Telegram
Twitter
Facebook

Mais lidas

1

Imagens de satélite mostram antes e depois da destruição na Grande Porto Alegre
Digite o assunto de seu interesse: