Notícias da Paraíba

Cícero sanciona Lei que regulamenta serviço de transporte de pequenas cargas e passageiros em JP

O prefeito de João Pessoa Cícero Lucena sancionou, na tarde desta segunda-feira (13), o projeto de Lei que regulamenta o serviço de transporte de pequenas cargas e passageiros, denominado Táxi Especial. A solenidade aconteceu no Centro Administrativo Municipal (CAM), em Água Fria, com presença do vice-prefeito Leo Bezerra e representantes da categoria dos taxistas.

“A lei que vai permitir os nossos taxistas, que têm a concessão da licença, poder agora também operar com pequenas caminhonetas para ajudar e ampliar a sua renda e também dar a oportunidade ao passageiro que tenha pequenos volumes a serem transportados de forma segura. Então, fico muito feliz em atender a reivindicação da Associação dos Taxistas, para que João Pessoa tenha mais um ato e um gesto em favor dessa categoria, pelo benefício que traz a população”, afirmou o prefeito.

Com o projeto de Lei, os usuários do serviço ganham uma nova modalidade de transporte, enquanto os taxistas uma oportunidade de usar carros utilitários para terem mais essa oferta de trabalho e, por consequência, o aumento da renda. O texto prevê que os taxistas deverão ser credenciados pela Semob-JP, que fará uma instrução normativa no tocante ao tipo de veículo – a princípio, caminhonetes a álcool ou gasolina.

De acordo com a norma, o serviço Táxi Especial será prestado com observância ao artigo 109, do Código de Trânsito Brasileiro e das Resoluções do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Fica estabelecido que os taxistas permissionários que desejem aderir ao Táxi Especial poderão fazê-lo mediante a troca de seu veículo por um veículo do tipo ‘picape ou caminhonete’, que atenda às especificações e regras definidas na nova norma, com as seguintes especificações: peso máximo de duas toneladas, cor branca, cabine dupla, quatro portas, potência do motor no máximo 2.0, dispondo de ar- condicionado, com tempo de uso de no máximo cinco anos, combustível flex (álcool e gasolina), categoria de aluguel, com capacidade máxima para transportar até cinco passageiros sentados, incluindo o condutor, conforme especificação do respectivo fabricante.

Para Flaviano Oliveira, que representa a Associação dos Taxistas da Paraíba, os taxistas que se adequarem a essa modalidade de transporte poderão ter um acréscimo entre 20% e 30% na renda. “Podendo pegar as corridinhas, pegando ali uma cadeirinha de roda, uma bicicleta ou até um pouco de bagagem para seu cliente, onde a nossa categoria, nossos taxistas de João Pessoa estão muito felizes com esse projeto sancionado pelo prefeito Cícero Lucena”, comemorou.

com Secom PMJP

WhatsApp
Telegram
Twitter
Facebook

Mais lidas

1

Imagens de satélite mostram antes e depois da destruição na Grande Porto Alegre
Digite o assunto de seu interesse: