Notícias da Paraíba

Queiroga ataca adversários e diz que saúde de JP virou caso de polícia

O pré-candidato a prefeito de João Pessoa, Marcelo Queiroga, atacou adversários políticos em dois vídeos publicados nas redes sociais. O ex-ministro da Saúde questionou o que as últimas gestões da capital fizeram para resolver os problemas de alagamento na cidade, que estão cada vez mais recorrentes após grandes volumes de chuvas.

“A impermeabilização do solo e a falta de planejamento das gestões municipais transformaram a nossa cidade nesse período em um verdadeiro caos”, afirmou.

De acordo com Queiroga, a culpa do alto número de alagamentos registrados em toda a cidade é dos ex-gestores do município, que são seus adversários políticos na disputa pela Prefeitura de João Pessoa.

“Não adianta colocar a culpa em São Pedro, os responsáveis são os santos do pau oco que estiveram à frente da gestão municipal nos últimos 30 anos: Cícero Lucena, Ruy Carneiro – que era uma espécie de primeiro ministro de Cícero -, Luciano Cartaxo e seu apoiador-mor, Ricardo Coutinho”, afirmou Queiroga.

Aumento no número de casos de gripe
A relação entre as chuvas e o aumento no número de casos de gripe na cidade também foi uma das preocupações do ex-ministro da Saúde. Ainda segundo ele, o público infantil está sendo gravemente afetado ao enfrentar lotação em hospitais, Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) e Unidades Básicas de Saúde.

Devido ao aumento no número de casos, a atual gestão de Cícero Lucena decretou Emergência em Saúde Pública, em abril deste ano. Queiroga questiona se o sistema de saúde da capital está sendo fortalecido ou se a medida serve apenas para gastos sem licitação.

“O que foi feito após o decreto de emergência em saúde? Se fortaleceu o sistema de saúde ou essa emergência é somente para contratação e compras sem licitação? Nós queremos saber até porque a saúde pública de João Pessoa já virou caso de polícia”, questionou Queiroga.

O pré-candidato à Prefeitura de João Pessoa defende que, para resolver os alagamentos e melhorar a saúde pública, é necessário uma nova gestão que siga critérios técnicos e que aplique corretamente o dinheiro público.

“Ao contrário dessa gente que sempre esteve no poder e não fizeram nada, nós vamos mudar essa situação com uma gestão técnica, planejamento e com aplicação correta dos recursos públicos”, afirmou o pré-candidato.

ParlamentoPB

WhatsApp
Telegram
Twitter
Facebook

Mais lidas

1

Homem é morto a tiros no estacionamento do Habib’s no bairro dos Bancários, em João Pessoa; suspeitos são presos
Digite o assunto de seu interesse: