Notícias da Paraíba

Prefeitura de Campina Grande pede reunião com MPPB após tumulto no Parque do Povo

A Prefeitura de Campina Grande se manifestou, na tarde deste domingo (9), sobre o tumulto registrado na noite desse sábado (8) no Parque do Povo, palco de apresentações de Nattan, Felipe Amorim e Vicente Nery. Com lotação máxima, a segurança do Maior São João do Mundo não conseguiu conter a população e houve invasão. Em vídeos registrados durante o tumulto, foi possível observar pessoas sendo pisoteadas.

Na primeira nota, a gestão Bruno Cunha Lima (União Brasil) disse que iria convocar uma reunião de urgência com o Ministério Público, órgãos de Segurança do Governo do Estado e a segurança privada que atua no Maior São João do Mundo.

A Prefeitura ainda cobrou uma posição da Arte Produções, empresa que gere a festa. “A organização da festa precisa cobrar esclarecimentos e definir ajustes nos procedimentos de todos os que têm responsabilidade com o sucesso do evento e no conforto e bem-estar do público”, diz trecho da nota divulgada pela PMCG.

Horas após a divulgação da primeira nota, a gestão campinense encaminhou outro comunicado à imprensa fazendo cobranças ao governador João Azevêdo (PSB) por providências para contornar a situação.

“O governador João Azevedo chegou a anunciar que Campina Grande contaria com um efetivo especial de 11 mil policiais. Até o momento, essa realidade não apenas precisa ser constatada, como impõe uma outra questão mais grave: o Parque do Povo não contou como esperava com a força de segurança do Estado no momento de superlotação da arena, na noite deste sábado”, diz o texto.

MaisPB

WhatsApp
Telegram
Twitter
Facebook

Mais lidas

1

Homem é morto a tiros no estacionamento do Habib’s no bairro dos Bancários, em João Pessoa; suspeitos são presos
Digite o assunto de seu interesse: